2.13. SaX2

Configure o ambiente gráfico do sistema com Hardware+Placa Gráfica e Monitor. Isso abrirá a interface de configuração SUSE Advanced X11 (SaX2), onde é possível configurar dispositivos como mouse, teclado ou dispositivos de tela. Essa interface também pode ser acessada do menu principal clicando-se em Sistema+Configuração+SaX2.

2.13.1. Propriedades da Placa e do Monitor

Ajuste as configurações da placa de vídeo e do dispositivo de vídeo em Propriedades da Placa e do Monitor. Se você tiver mais de uma placa de vídeo instalada, cada dispositivo será mostrado em uma caixa de diálogo separada, acessível através de uma guia. Na parte superior da caixa de diálogo, veja as configurações atuais para a placa de vídeo selecionada e o monitor que está acoplado a ela. Se mais de uma tela puder ser conectada à placa (cabeça dupla), o monitor na saída primária será mostrado. Normalmente, a placa e o dispositivo de vídeo são detectados automaticamente pelo sistema durante a instalação. Entretanto, é possível ajustar vários parâmetros manualmente ou até mesmo mudar o dispositivo de vídeo completamente.

Figura 2.8. Propriedades da Placa e do Monitor

Propriedades da Placa e do Monitor
[Tip]Detecção automática de novo hardware de vídeo

Se você mudar o hardware de vídeo após a instalação, use sax2 -r na linha de comando para que o SaX2 detecte o hardware. É preciso ser root para executar o SaX2 a partir da linha de comando.

2.13.1.1. Placa de vídeo

Não é possível mudar a placa de vídeo porque somente os modelos conhecidos são suportados e esses são detectados automaticamente. Contudo, é possível mudar muitas opções que afetam o comportamento da placa. Normalmente, isso não é necessário, porque o sistema já os configurou corretamente durante a instalação. Se você é experiente e deseja ajustar algumas das opções, clique em Opções ao lado da placa gráfica e selecione a opção que deseja mudar. Para atribuir um valor necessário a uma certa opção, digite o valor na caixa de diálogo exibida depois que a opção é selecionada. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo de opções.

2.13.1.2. Monitor

Para mudar as configurações atuais do monitor, clique em Mudar ao lado do monitor. Uma nova caixa de diálogo é aberta na qual é possível ajustar várias configurações específicas do monitor. Esta caixa de diálogo possui várias guias para vários aspectos da operação de monitor. Selecione a primeira guia para selecionar manualmente o fornecedor e modelo do dispositivo de vídeo em duas listas. Se o seu monitor não estiver relacionado, você poderá escolher um dos modos do VESA ou LCD que atenda às suas necessidades ou, se possuir um disco ou CD de drivers de fornecedor, clique em Disco de Utilitários e siga as instruções na tela para usá-lo. Marque Ativar DPMS para usar Display Power Management Signaling. Tamanho da Tela, com as propriedades geométricas do monitor, e Freqüências de Sincronização, com os intervalos das freqüências de sincronização horizontal e vertical do monitor, são em geral configuradas corretamente pelo sistema, mas você pode modificar esses valores manualmente. Após fazer todos os ajustes, clique em OK para fechar esta caixa de diálogo.

[Warning]Mudando freqüências do monitor

Embora existam mecanismos de segurança, tenha ainda bastante cuidado ao mudar as freqüências do monitor manualmente. Valores incorretos podem destruir o seu monitor. Consulte sempre o manual do monitor antes de mudar freqüências.

2.13.1.3. Resolução e intensidade da cor

A resolução e intensidade da cor podem ser escolhidas diretamente em duas listas centrais da caixa de diálogo. A resolução que você seleciona aqui marca a maior resolução a ser usada. Todas as resoluções comuns até 640x480 também são adicionadas à configuração automaticamente. Dependendo da estação gráfica usada, você pode alternar para qualquer uma dessas mais tarde sem a necessidade de reconfigurar.

2.13.1.4. Cabeça dupla

Se você tiver uma placa gráfica com duas saídas instaladas no seu computador, poderá conectar-se a duas telas no seu sistema. Duas telas que estão acopladas à mesma placa de vídeo são conhecidas como cabeça dupla. O SaX2 detecta automaticamente vários dispositivos de vídeo no sistema e prepara a configuração adequadamente. Para usar o modo de cabeça dupla de uma placa de vídeo, selecione Ativar Modo de Cabeça Dupla na parte inferior da caixa de diálogo e clique em Configurar para definir as opções de cabeça dupla e a localização das telas na caixa de diálogo de cabeça dupla.

As guias na linha superior da caixa de diálogo correspondem a uma placa de vídeo do sistema. Selecione a placa a ser configurada e defina as suas opções multicabeça na caixa de diálogo abaixo. Na parte superior da caixa de diálogo multihead, clique em Mudar para configurar a tela adicional. As opções possíveis são as mesmas da primeira tela. Escolha a resolução a ser usada para esta tela na lista. Selecione um dos três modos multihead possíveis.

Multihead Tradicional

Cada monitor representa uma unidade individual. O ponteiro do mouse pode alternar entre as telas.

Multihead Clonado

Neste modo, todos os monitores exibem o mesmo conteúdo. O mouse somente é visível na tela principal.

Multihead Xinerama

Todas as telas se combinam para formar uma única tela grande. As janelas de programas podem ser posicionadas livremente em todas as telas ou dimensionadas a um tamanho que preencha mais de um monitor.

[Note]Nota

O Linux atualmente não oferece suporte 3D a ambientes multihead xinerama. Neste caso, o SaX2 desativa o suporte 3D.

A localização do ambiente de cabeça dupla descreve a seqüência das telas individuais. Por padrão, o SaX2 configura um layout padrão que segue a seqüência das telas detectadas, organizando todas as telas em uma linha da esquerda para a direita. Na parte Localização da caixa de diálogo, selecione um dos botões da seqüência para determinar a maneira como os monitores são organizados. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo.

[Tip]Usando projetores com computadores laptop

Para conectar um projetor a um computador laptop, ative o modo de cabeça dupla. Nesse caso, o SaX2 configura a saída externa com uma resolução de 1024x768 e uma taxa de atualização de 60 Hz. Esses valores funcionam bem com a maioria dos projetores.

2.13.1.5. Multihead

Se você tiver mais de uma placa gráfica instalada no seu computador, poderá conectar-se a mais de uma tela no seu sistema. Duas ou mais telas que estejam conectadas a diferentes placas de vídeo são conhecidas como multicabeça. O SaX2 detecta automaticamente várias placas de vídeo no sistema e prepara a configuração adequadamente. Por padrão, o SaX2 configura um layout padrão que segue a seqüência das placas de vídeo detectadas, organizando todas as telas em uma linha da esquerda para a direita. A guia Localização adicional permite mudar este layout manualmente. Arranje os ícones que representam as telas individuais na grade e clique em OK para fechar a caixa de diálogo.

2.13.1.6. Aceleração 3D

Se sua placa de vídeo suporta a aceleração 3D, você pode ativá-la e desativá-la com Ativar Aceleração 3D.

2.13.1.7. Testando a configuração

Clique em OK na janela principal após a conclusão das configurações do seu monitor e da sua placa de vídeo. Em seguida, teste as configurações. Isso assegura que a sua configuração é adequada para os seus dispositivos. Se a imagem não estiver estável, termine o teste imediatamente pressionando Ctrl+Alt+Backspace e reduza a taxa de atualização ou a resolução e intensidade de cor.

[Note]Nota

Independentemente de você executar um teste, todas as modificações somente são ativadas quando você reinicia o servidor X.

2.13.2. Propriedades do Mouse

Ajuste as configurações do mouse em Propriedades do Mouse. Se você tiver mais de um mouse com diferentes drivers instalados, cada driver aparecerá em uma guia separada. Vários dispositivos operados pelo mesmo driver são indicados como um mouse. Ative ou desative o mouse selecionado na caixa de seleção na parte superior da caixa de diálogo. Abaixo da caixa de seleção, verifique as configurações atuais desse mouse. Normalmente, o mouse é detectado automaticamente, mas você pode alterá-lo manualmente se a detecção automática falhar. Consulte a documentação do seu mouse para obter uma descrição do modelo. Clique em Mudar para selecionar o fornecedor e o modelo nas duas listas e clique em OK para confirmar sua seleção. Na parte de opções da caixa de diálogo, defina várias opções para a operação do mouse.

Ativar Emulação de 3 Botões

Se o seu mouse tiver somente dois botões, um terceiro botão será emulado quando os dois botões forem clicados simultaneamente.

Ativar Roda do Mouse

Selecione esta caixa para usar uma roda de rolagem.

Emular Roda com Botão do Mouse

Se o seu mouse não tiver uma roda de rolagem, mas você quiser usar uma funcionalidade semelhante, poderá atribuir um botão adicional para isso. Selecione o botão a ser usado. Enquanto você pressiona este botão, qualquer movimento do mouse é transformado em comandos de roda de rolagem. Este recurso é principalmente útil com trackballs.

Quando estiver satisfeito com as suas configurações, clique em OK para confirmar suas mudanças.

[Note]Nota

Quaisquer mudanças feitas aqui entrarão em vigor somente depois que você reiniciar o servidor X.

2.13.3. Propriedades do Teclado

Use esta caixa de diálogo para ajustar as configurações a fim de operar seu teclado no ambiente gráfico. Na parte superior da caixa de diálogo, selecione o tipo, o layout de idioma e a variante. Use o campo de teste na parte inferior da caixa de diálogo para verificar se os caracteres especiais são exibidos corretamente. Selecione layouts e variantes adicionais a serem usados na lista do meio. Dependendo do tipo da sua área de trabalho, esses talvez sejam alternados no sistema em execução sem que seja necessário reconfigurar. Após clicar em OK, as mudanças serão aplicadas imediatamente.

2.13.4. Propriedades da mesa digitalizadora

Use esta caixa de diálogo para configurar uma mesa digitalizadora gráfica anexada ao seu sistema. Clique na guia Mesa digitalizadora gráfica para selecionar o fornecedor e modelo nas listas. Atualmente, o SUSE Linux suporta somente um número limitado de mesas digitalizadoras gráficas. Para ativar a mesa digitalizadora, selecione Ativar esta Mesa Digitalizadora na parte superior da caixa de diálogo.

Na caixa de diálogo Porta e Modo, configure a conexão à mesa digitalizadora. O SaX2 ativa a configuração de mesas digitalizadoras gráficas conectadas à porta USB ou porta serial. Se a sua mesa digitalizadora estiver conectada à porta serial, verifique a porta. /dev/ttyS0 refere-se à primeira porta serial. /dev/ttyS1 refere-se à segunda. Portas adicionais usam notação semelhante. Escolha as Opções apropriadas na lista e selecione o Modo da Mesa Digitalizadora Principal que atenda às suas necessidades.

Se a sua mesa digitalizadora gráfica suportar canetas eletrônicas, configure-as na caixa de diálogo Canetas Eletrônicas. Adicione borracha e caneta e defina suas propriedades após clicar em Propriedades.

Quando estiver satisfeito com as suas configurações, clique em OK para confirmar suas mudanças.

2.13.5. Propriedades da Tela Sensível ao Toque

Use esta caixa de diálogo para configurar telas sensíveis ao toque anexadas ao seu sistema. Se tiver mais de uma tela sensível ao toque instalada, cada dispositivo será mostrado em uma caixa de diálogo separada, acessível através de uma guia. Para ativar a tela sensível ao toque selecionada atualmente, selecione Atribuir Tela Sensível ao Toque ao Número de Exibição na parte superior da caixa de diálogo. Selecione o fornecedor e o modelo nas listas abaixo e defina uma Porta de Conexão adequada na parte inferior. É possível configurar telas sensíveis ao toque conectadas à porta USB ou à porta serial. Se a sua tela sensível ao toque estiver conectada à porta serial, verifique a porta. /dev/ttyS0 refere-se à primeira porta serial. /dev/ttyS1 refere-se à segunda. Portas adicionais usam notação semelhante. Quando estiver satisfeito com as suas configurações, clique em OK para confirmar suas mudanças.

2.13.6. Propriedades do Acesso Remoto

VNC (Virtual Network Computing) é uma solução de cliente-servidor que oferece acesso a um servidor X remoto através de um cliente compacto e fácil de usar. Este cliente está disponível para uma variedade de sistemas operacionais, incluindo o Microsoft Windows, MacOS da Apple e Linux. Encontre mais informações sobre o VNC em http://www.realvnc.com/.

Use esta caixa de diálogo para configurar seu servidor X como um host para sessões VNC. Se deseja que os clientes VNC se conectem ao seu servidor X, selecione Permitir Acesso ao Monitor Usando Protocolo VNC. Defina uma senha para restringir acesso ao seu servidor ativado por VNC. Selecione Permitir Várias Conexões VNC se mais de um cliente VNC precisar se conectar ao servidor X ao mesmo tempo. Para permitir o acesso HTTP, selecione Ativar Acesso HTTP e configure a porta a ser usada em Porta HTTP.

Quando estiver satisfeito com as suas configurações, clique em OK para gravar as mudanças.