9.6. Problemas de dados

Problemas de dados ocorrem quando a máquina pode ou não inicializar de forma correta, mas em qualquer dos dois casos, está claro que há corrupção de dados no sistema e que o sistema precisa ser recuperado. Essas situações exigem um backup dos seus dados críticos, permitindo a você recuperar o status quo após a falha do sistema. O SUSE Linux oferece módulos YaST dedicados para a restauração e backup do sistema bem como um sistema de recuperação que pode ser usado para recuperar um sistema corrompido externamente.

9.6.1. Fazendo backup de dados críticos

Backups de sistema podem ser facilmente gerenciados usando o módulo YaST Backup do Sistema:

  1. Como root, inicie o YaST e selecione Sistema+Backup do Sistema.

  2. Crie um perfil de backup com todos os detalhes necessários para o backup, o nome do arquivo, o escopo e o tipo de backup:

    1. Selecione Gerenciamento de Perfil+Adicionar.

    2. Especifique um nome para o arquivo.

    3. Insira o caminho no local do backup se desejar manter um backup local. Para que seu backup seja arquivado em um servidor de rede (via NFS), insira o endereço IP ou o nome do servidor e o diretório que deve armazenar seu arquivo.

    4. Determine o tipo de arquivo e clique em Avançar.

    5. Determine as opções de backup a serem usadas, se os arquivos não pertencentes a algum pacote devem sofrer backup e se uma lista de arquivos deve ser exibida antes da criação do arquivo. Determine também se os arquivos mudados devem ser identificados usando o mecanismo MD5 demorado.

      Use Especialista para inserir uma caixa de diálogo para o backup de áreas inteiras de disco rígido. Atualmente, essa opção aplica-se somente ao sistema de arquivos Ext2.

    6. Por fim, defina as restrições de pesquisa para excluir da área de backup determinadas áreas do sistema que não precisam de backup, como arquivos de bloqueio e de cache. Adicione, edite ou apague itens, até que suas necessidades sejam atendidas e saia com OK.

  3. Após terminar as configurações de perfil, você pode começar o backup imediatamente com Criar Backup ou configurar o backup automático. Também é possível criar outros perfis adaptados para várias outras finalidades.

Para configurar o backup automático de um determinado perfil, proceda da seguinte maneira:

  1. Selecione Backup Automático no menu Gerenciamento de Perfil.

  2. Selecione Iniciar Backup Automaticamente.

  3. Determine a freqüência de backup. Escolha diariamente, semanalmente ou mensalmente.

  4. Determine o horário de início do backup. Essas configurações dependem da freqüência de backup selecionada.

  5. Decida se manterá backups antigos e quantos devem ser mantidos. Para receber uma mensagem de status gerada automaticamente do processo de backup, marque Enviar Mensagem de Resumo ao Usuário root.

  6. Clique em OK para que suas configurações sejam aplicadas e o primeiro backup seja iniciado no horário especificado.

9.6.2. Restaurando um backup de sistema

Use o módulo YaST Restauração do Sistema para restaurar a configuração de sistema de um backup. Restaure todo o backup ou selecione componentes específicos que estavam corrompidos e precisam ser redefinidos ao estado antigo.

  1. Inicie YaST+Sistema+Restauração do Sistema.

  2. Insira o local do arquivo de backup. Isso pode ser um arquivo local, um arquivo de rede montado ou um arquivo em um dispositivo removível, como disquete ou CD. Depois, clique em Próximo.

    A caixa de diálogo a seguir exibe um resumo das propriedades do arquivo, como nome de arquivo, data de criação, tipo de backup e comentários opcionais.

  3. Revise o conteúdo do arquivo clicando em Conteúdo do Arquivo. Se você clicar em OK, retornará à caixa de diálogo Propriedades do Arquivo.

  4. Opções de Especialista abre uma caixa de diálogo na qual é possível ajustar o processo de restauração. Retorne à caixa de diálogo Propriedades do Arquivo clicando em OK.

  5. Clique em Próximo para abrir a exibição dos pacotes a serem restaurados.

    Pressione Aceitar para restaurar todos os arquivos do pacote, ou use os vários botões Selecionar Tudo, Anular Seleção e Selecionar Arquivos para ajustar sua seleção. Somente marque a opção Restaurar Banco de Dados RPM se ele estiver corrompido ou tiver sido apagado e se o arquivo estiver incluído no backup.

  6. Depois que você clicar em Aceitar, o backup será restaurado. Clique em Concluir para sair do módulo após a conclusão do processo de restauração.

9.6.3. Recuperando um sistema corrompido

Há vários motivos pelos quais um sistema pode não ser inicializado ou executado adequadamente. Um sistema de arquivos corrompido após uma falha do sistema, arquivos de configuração corrompidos ou uma configuração de carregador de boot corrompida são os mais comuns.

O SUSE Linux oferece um front end gráfico para o reparo do sistema. A seção a seguir apresenta o módulo YaST Reparo do Sistema.

O SUSE Linux oferece dois métodos distintos para lidar com esse tipo de situação. Você pode usar a função YaST Reparo do Sistema ou inicializar o sistema de resgate. As seções a seguir abordam as duas possibilidades de reparo do sistema.

9.6.3.1. Usando o Reparo do Sistema do YaST

Antes de iniciar o módulo Reparo do Sistema do YaST, determine em que modo ele será executado para melhor atender às suas necessidades. Dependendo da gravidade e causa da falha do seu sistema e da sua experiência, existem três modos diferentes a serem escolhidos:

Reparo Automático

Se o sistema falhou devido a uma causa desconhecida e você basicamente não sabe que parte do sistema é responsável pela falha, use Reparo Automático. Uma verificação automatizada extensa será executada em todos os componentes do sistema instalado. Para obter uma descrição detalhada deste procedimento, consulte Seção 9.6.3.1.1, “Reparo Automático”.

Reparo Personalizado

Se o sistema falhou e você sabe qual é o componente responsável, poderá reduzir a extensa verificação do sistema com Reparo Automático, e limitar o escopo da análise do sistema a esses componentes. Por exemplo, se as mensagens do sistema antes da falha sugerirem a existência de um erro no banco de dados de pacotes, você poderá limitar o procedimento de análise e reparo para que apenas verifique e restaure este aspecto do sistema. Para obter uma descrição detalhada deste procedimento, consulte Seção 9.6.3.1.2, “Reparo Personalizado”.

Ferramentas Especialistas

Se você já tem uma idéia clara sobre que componente falhou e como isso será corrigido, poderá ignorar as execuções de análise e aplicar diretamente as ferramentas necessárias para o reparo do respectivo componente. Para obter informações detalhadas, consulte Seção 9.6.3.1.3, “Ferramentas Especialistas”.

Escolha um dos modos de reparo descritos acima e prossiga com o reparo do sistema conforme explicado nas seções a seguir:

9.6.3.1.1. Reparo Automático

Para iniciar o modo de reparo automático do YaST Reparo do Sistema, proceda da seguinte maneira:

  1. Inicialize o sistema com o meio de instalação original usado para a instalação inicial (conforme descrito no Capítulo 1, Instalação com o YaST).

  2. Selecione o modo de instalação Reparar Sistema Instalado.

  3. Selecione Reparo Automático.

    O YaST inicia uma análise extensa do sistema instalado. O progresso do procedimento é exibido na parte inferior da tela com duas barras. A barra superior mostra o progresso do teste atualmente em execução. A barra inferior mostra o progresso geral da análise. A janela de registro na seção superior controla o teste atualmente em execução e o seu resultado. Consulte a Figura 9.2, “Modo de Reparo Automático”. As execuções de testes principais a seguir são feitas com cada execução e contêm, por sua vez, vários subtestes individuais.

    Figura 9.2. Modo de Reparo Automático

    Modo de Reparo Automático
    Tabelas de partição em todos os discos rígidos

    Verifica a validade e coerência das tabelas de partição de todos os discos rígidos detectados.

    Partições de troca

    As partições de troca do sistema instalado são detectadas, testadas e oferecidas para ativação onde aplicáveis. A oferta deve ser aceita para que a velocidade de reparo do sistema aumente.

    Sistemas de arquivos

    Todos os sistemas de arquivos detectados estão sujeitos a uma verificação específica do sistema de arquivos.

    Entradas no arquivo /etc/fstab

    As entradas no arquivo são verificadas quanto à totalidade e consistência. Todas as partições válidas são montadas.

    Configuração do carregador de boot

    A configuração do carregador de boot do sistema instalado (GRUB ou LILO) é verificada quanto à totalidade e coerência. Dispositivos de boot e root são examinados e a disponibilidade dos módulos initrd é verificada.

    Banco de Dados de Pacotes

    Verifica se todos os pacotes necessários para a operação de uma instalação mínima estão presentes. Enquanto é opcionalmente possível analisar os pacotes básicos, isso leva muito tempo devido ao seu grande número.

  4. Sempre que um erro é encontrado, o procedimento pára e uma caixa de diálogo com os detalhes e possíveis soluções é aberta.

    Leia as mensagens da tela com cuidado antes de aceitar a correção proposta. Se você decidir recusar uma solução proposta, o seu sistema permanecerá inalterado.

  5. Depois que o processo de reparo tiver terminado com sucesso, clique em OK e Concluir e remova a mídia de instalação. O sistema é reinicializado automaticamente.

9.6.3.1.2. Reparo Personalizado

Para iniciar o modo Reparo Personalizado e verificar seletivamente certos componentes do sistema instalado, proceda da seguinte maneira:

  1. Inicialize o sistema com o meio de instalação original usado para a instalação inicial (conforme descrito no Capítulo 1, Instalação com o YaST).

  2. Selecione o modo de instalação Reparar Sistema Instalado.

  3. Selecione Reparo Personalizado.

    A escolha de Reparo Personalizado mostra uma lista de execuções de testes que são todas marcadas inicialmente para execução. A faixa total de testes corresponde à faixa de reparo automático. Se você já sabe onde não há danos, desmarque os testes correspondentes. Clique em Próximo para iniciar um procedimento de teste mais restrito, que provavelmente tem um tempo de execução bem menor.

    Nem todos os grupos de testes podem ser aplicados individualmente. A análise das entradas fstab está sempre atrelada a uma verificação dos sistemas de arquivo, incluindo partições de troca existentes. O YaST resolve automaticamente essas dependências selecionando o número menor de execuções de testes necessárias.

  4. Sempre que um erro é encontrado, o procedimento pára e uma caixa de diálogo com os detalhes e possíveis soluções é aberta.

    Leia as mensagens da tela com cuidado antes de aceitar a correção proposta. Se você decidir recusar uma solução proposta, o seu sistema permanecerá inalterado.

  5. Depois que o processo de reparo tiver terminado com sucesso, clique em OK e Concluir e remova a mídia de instalação. O sistema é reinicializado automaticamente.

9.6.3.1.3. Ferramentas Especialistas

Se você tem experiência com o SUSE Linux e já tem uma idéia muito clara do que precisa ser reparado no seu sistema, aplique as ferramentas diretamente e ignore a análise do sistema.

Para aproveitar o recurso Ferramentas Especialistas do módulo Reparo do Sistema do YaST, proceda da seguinte maneira:

  1. Inicialize o sistema com o meio de instalação original usado para a instalação inicial (conforme descrito no Capítulo 1, Instalação com o YaST).

  2. Selecione o modo de instalação Reparar Sistema Instalado.

  3. Selecione Ferramentas Especialistas.

    Escolha uma ou mais das seguintes opções para reparar as falhas do sistema:

    Instalar Novo Bootloader

    Isso inicia o módulo de configuração do bootloader do YaST. Encontre detalhes na Seção 9.3, “Configurando o carregador de boot com o YaST” (↑Referência).

    Executar Ferramenta de Particionamento

    Esta opção inicia a ferramenta de particionamento avançada no YaST. Encontre detalhes na Seção 2.9.5, “Particionador”.

    Reparar Sistema de Arquivos

    Esta opção verifica os sistemas de arquivos do sistema instalado. Na seleção de todas as partições detectadas apresentada primeiro, escolha aquelas que deseja verificar.

    Recuperar Partições Perdidas

    É possível tentar reconstruir tabelas de partição danificadas. Uma lista de discos rígidos detectados é apresentada primeiro para seleção. Clicar em OK inicia a verificação. Isso pode levar algum tempo dependendo do poder do processamento e do tamanho do disco rígido.

    [Important]Reconstruindo uma tabela de partição

    A reconstrução de uma tabela de partição é complicada. O YaST tenta reconhecer partições perdidas analisando os setores de dados do disco rígido. As partições perdidas são adicionadas à tabela de partição de reconstrução quando reconhecidas. Isso, no entanto, não é bem-sucedido em todos os casos imagináveis.

    Gravar Configurações do Sistema em Disquete

    Esta opção grava arquivos de sistemas importantes em um disquete. Se um desses arquivos estiver danificado, ele poderá ser restaurado a partir do disco.

    Verificar Software Instalado

    Isso verifica a consistência do banco de dados de pacotes e a disponibilidade dos pacotes mais importantes. Quaisquer pacotes instalados podem ser reinstalados com esta ferramenta.

  4. Depois que o processo de reparo tiver terminado com sucesso, clique em OK e Concluir e remova a mídia de instalação. O sistema é reinicializado automaticamente.