11.3. Instalação do software

PPD (descrição de impressora PostScript) é a linguagem de computador que descreve as propriedades, como resolução, e as opções, como disponibilidade de uma unidade duplex. Essas descrições são necessárias para o uso de várias opções de impressora no CUPS. Sem um arquivo PPD, os dados de impressão seriam encaminhados à impressora em estado “bruto”, o que normalmente não é desejado. Durante a instalação do SUSE Linux, vários arquivos PPD são pré-instalados, habilitando o uso de até mesmo impressoras sem suporte a PostScript.

Para configurar uma impressora PostScript, a melhor opção é obter um arquivo PPD adequado. Há vários arquivos PPD disponíveis no pacote de PPDs do fabricante, que são automaticamente instalados no escopo da instalação padrão. Consulte a Seção 11.6.3, “Arquivos PPD em pacotes diferentes” e a Seção 11.7.2, “Nenhum arquivo PPD adequado disponível para impressora PostScript”.

Novos arquivos PPD podem ser armazenados no diretório /usr/share/cups/model/ ou adicionados ao sistema de impressão por meio do YaST (consulte Seção 11.4.1.2, “Configuração manual”). Posteriormente, é possível selecionar o arquivo PPD durante a instalação.

Tenha cuidado se o fabricante pedir que você instale pacotes de software inteiros para modificar arquivos de configuração. Em primeiro lugar, esse tipo de instalação pode resultar na perda do suporte oferecido pelo SUSE Linux. Em segundo lugar, os comandos de impressão poderão funcionar de forma diferente, e talvez o sistema não consiga abordar dispositivos de outros fabricantes. Por isso, não recomendamos instalar o software do fabricante.