5.4. Gerenciando pastas e arquivos com o Konqueror

Konqueror é um browser da Web unificado, gerenciador de arquivos, visualizador de documentos e de imagens. As seções a seguir abordam o uso do Konqueror para o gerenciamento de arquivos. Para obter informações sobre o Konqueror como um browser da Web, consulte o Capítulo 7, Browser da Web Konqueror (↑Aplicativos).

Para iniciar o Konqueror como um gerenciador de arquivos, clique no ícone da página inicial no painel. O Konqueror exibe o conteúdo do seu diretório pessoal.

Figura 5.4. Gerenciador de arquivos Konqueror

Gerenciador de arquivos Konqueror

A janela do gerenciador de arquivos Konqueror consiste nos seguintes elementos:

Barra de menus

A barra de menus contém os itens para ações como copiar, mover ou apagar arquivos, mudar telas, iniciar ferramentas adicionais, definir configurações e obter ajuda.

Barra de ferramentas

A barra de ferramentas permite acesso rápido a funções usadas com freqüência que também podem ser acessadas pelo menu. Se você passar o ponteiro sobre um ícone, será exibida uma descrição resumida. À direita, a barra de ferramentas mostra o ícone do Konqueror, que é animado enquanto um diretório ou página Web é carregada.

Barra de localização

A barra de localização mostra o caminho até o diretório ou arquivo no sistema de arquivos. Para especificar um caminho até um diretório, você pode digitá-lo diretamente ou clicar em um dos diretórios no campo de exibição. Clique no símbolo negro com um X branco, localizado à esquerda da barra de localização, para apagar o conteúdo da linha. Após digitar um endereço, pressione Enter ou clique em Ir à direita da linha de entrada.

Diferente de um sistema operacional do Windows, o Linux não usa letras de unidades. No Windows, a unidade de disquete seria A:\, os dados de sistema do Windows estão sob C:\ e assim por diante. No Linux, todos os arquivos e diretórios estão localizados em uma estrutura similar a uma árvore. O diretório no nível superior é conhecido como o sistema de arquivos root ou somente /. Todos os outros diretórios podem ser acessados deste local. Encontre abaixo uma visão geral resumida dos diretórios mais importantes em um sistema de arquivos Linux:

/home mantém os dados privados de todos os usuários que têm uma conta no seu sistema. Os arquivos localizados aqui só podem ser modificados por seu proprietário ou o administrador do sistema. Por exemplo, o seu diretório de e-mail está localizado em /home.

[Note]Diretório pessoal em um ambiente de rede

Se você trabalha em um ambiente de rede, seu diretório pessoal não se chamará /home, mas poderá ser mapeado para qualquer diretório do sistema de arquivos.

/media geralmente mantém qualquer tipo de unidade, exceto o disco rígido do seu sistema. A sua unidade flash USB é exibida sob /media após ter sido conectada, da mesma forma que a câmera digital (se usar USB) e a unidade de CD ou DVD.

Em /usr/share/doc, você encontrará qualquer tipo de documentação sobre o seu sistema Linux e os pacotes instalados. O subdiretório manual mantém uma cópia digital deste manual, bem como de outros manuais e das notas da versão instalada do sistema Linux. O diretório packages mantém a documentação incluída nos pacotes de software.

/windows aparece apenas se você tem o MS Windows e o Linux instalados no sistema. Ele contém os dados do MS Windows.

Aprenda mais sobre o conceito de sistema de arquivos do Linux e encontre uma lista mais abrangente de diretórios na Seção 3.1.2, “Estrutura de diretórios do Linux”.

Painel de navegação

Você pode pressionar a tecla F9 para ocultar e mostrar o painel de navegação. O painel de navegação exibe informações em uma tela em árvore. Clique em um dos símbolos da guia à esquerda do painel de navegação para determinar o conteúdo que deseja ver. Se você mantiver o ponteiro do mouse sobre um ícone, será exibida uma descrição resumida. Por exemplo, você pode mostrar o sistema de arquivos como uma árvore que começa na pasta raiz ou na sua pasta pessoal.

Campo de exibição

O campo de exibição mostra o conteúdo do diretório ou arquivo selecionado. No menu Ver, escolha um dos diversos modos para exibir o conteúdo, como Visão em Ícones, Visão em Árvore ou Visão de Lista Detalhada. Se você clicar em um arquivo, o Konqueror abrirá uma visualização do conteúdo ou carregará o arquivo no aplicativo para maior processamento. Se você mantiver o ponteiro do mouse sobre o arquivo, o Konqueror mostrará uma dica de ferramentas com informações detalhadas sobre o arquivo, como proprietário, permissões ou data da última modificação.

5.4.1. Copiando, movendo ou apagando arquivos

Para realizar ações como copiar, mover ou apagar arquivos, é preciso ter as permissões apropriadas para as pastas e os arquivos envolvidos na ação. Leia mais sobre permissões do sistema de arquivos na Seção 3.2, “Usuários e permissões de acesso”.

[Tip]Selecionando objetos no Konqueror

Quando você clica em um arquivo ou pasta no Konqueror, uma ação é diretamente iniciada: uma visualização do arquivo ou da pasta é aberta. Para antigos usuários do MS Windows, esse comportamento pode parecer incomum. Se você quiser selecionar um ou vários arquivos sem qualquer outra ação, pressione Ctrl e clique no objeto. Você também pode mudar as configurações do mouse no Centro de Controle, Seção 6.2.7, “Regional & Acessibilidade”.

Para copiar ou mover um arquivo ou pasta, proceda da seguinte maneira:

  1. Clique o botão direito do mouse no objeto e selecione Copiar para ou Mover para no menu de contexto.

  2. Se quiser copiar ou mover o objeto para uma das pastas do submenu, selecione o item de menu correspondente e clique em Copiar para aqui ou Mover para aqui. As pastas de destino usadas anteriormente serão relacionadas na parte inferior do submenu.

  3. Para copiar ou mover o objeto para outra pasta, selecione Navegar. É aberta uma tela em árvore dos sistemas de arquivos onde é possível selecionar a pasta de destino.

O meio mais rápido de executar ações como copiar ou mover objetos no Konqueror é o método arrastar-e-soltar. Por exemplo, você arrasta objetos para movê-los facilmente de uma janela para outra. Ao soltar o objeto, você deverá informar se os objetos serão movidos ou copiados.

Para apagar um arquivo ou pasta, proceda da seguinte maneira:

  • Selecione o objeto e pressione Del ou clique o botão direito do mouse no arquivo e selecione Mover para o Lixo no menu de contexto. O objeto será transferido para a lixeira. Se necessário, você pode restaurar o arquivo ou a pasta desse local e apagá-lo completamente. Consulte também a Seção 5.3.1, “Gerenciando a lixeira”.

  • Para apagar o objeto definitivamente, clique em Editar+Apagar ou pressione Shift-Del.

5.4.2. Criando uma pasta nova

Para criar um pasta nova no Konqueror, proceda da seguinte maneira:

  1. Clique o botão direito do mouse na pasta à qual será adicionada uma subpasta.

  2. Selecione Criar Nova Pasta.

  3. Na caixa de diálogo Nova Pasta, digite um nome para a nova pasta e clique em OK.

5.4.3. Mudando associações de arquivos

Com o Konqueror, você pode escolher qual aplicativo será usado para abrir um arquivo.

Figura 5.5. Configurando associações de arquivos no Konqueror

Configurando associações de arquivos no Konqueror
  1. No Konqueror, clique em Configurações+Configurar Konqueror+Associações de Arquivos.

  2. Para procurar uma extensão, especifique a extensão em Procurar Padrão do Nome de Arquivo. Somente tipos de arquivo com um padrão de arquivo correspondente são exibidos na lista. Por exemplo, para modificar o aplicativo para arquivos *.png, digite png em Procurar Padrão do Nome de Arquivo.

  3. Na lista Tipos Conhecidos, clique no tipo de arquivo para abrir a caixa de diálogo de configuração desse tipo de arquivo. Você pode mudar o ícone, os padrões de nome de arquivo, a descrição e a ordem dos aplicativos.

    Se a sua ferramenta não estiver na lista, clique em Adicionar, em Ordem de Preferência de Aplicativos e digite o comando.

    Para mudar a ordem das entradas da lista, clique no programa a ser movido e, em seguida, clique em Mover para Cima ou Mover para Baixo para conferir uma prioridade mais alta ou mais baixa. O aplicativo que estiver no topo da lista será usado por padrão quando você clicar em um arquivo deste tipo.

  4. Se você precisar de um tipo de arquivo que não consta da lista Tipos Conhecidos, clique em Adicionar para abrir uma caixa de diálogo na qual será possível selecionar um grupo e digitar um nome de tipo.

    O grupo determina o tipo principal, por exemplo, áudio, imagem, texto ou vídeo. Em geral, o tipo de arquivo pode ser atribuído a um destes.

    1. Clique em OK e determine as extensões do nome de arquivo.

    2. Especifique uma descrição no campo de texto e selecione qual aplicativo usar.

  5. Clique em OK.