18.2. Acessando a câmera

Existem três possibilidades de acesso às fotografias da câmera, a depender da câmera e do protocolo suportado por ela. Em geral, é usado o armazenamento em massa USB, que é tratado pelo sistema hotplug, ou o protocolo PTP (também conhecido como PictBridge). Alguns modelos de câmera não funcionam com nenhum dos dois protocolos. Para dar suporte a esses modelos, o gphoto2 vem com drivers específicos.

Tudo fica mais fácil se a sua câmera vier com suporte para armazenamento em massa USB. Leia a documentação da sua câmera se não tiver certeza dessa possibilidade. Algumas dão suporte a dois protocolos, como o PTP e o armazenamento em massa USB. Infelizmente, também existem algumas que se comunicam com um protocolo proprietário, o que pode complicar as tarefas. Se sua câmera não oferecer suporte ao armazenamento em massa USB ou ao PTP, as descrições a seguir não funcionarão. Experimente usar o comando gphoto2 --list-cameras e as informações contidas em http://www.gphoto.org/.

Se a sua câmera puder ser comutada para um dispositivo de armazenamento em massa USB, selecione essa opção. Depois de conectada à porta USB do computador e ligada, ela será detectada pelo sistema hotplug. Desse modo, o dispositivo é montado automaticamente, para que seu acesso fique fácil. A área de trabalho do KDE exibe um ícone de câmera quando a montagem é bem-sucedida.

Depois de montar a câmera com êxito, você verá um novo diretório em /media, começando com usb e vários números. Cada fornecedor e produto tem um número, dessa forma, o nome será o mesmo quando você conectar um dispositivo ao seu computador. Dependendo do que foi conectado ao barramento USB, você encontrará entradas diferentes. O único problema é encontrar a entrada correta para a câmera. Tente relacionar um destes diretórios (DCIM/xxx) para ver o que acontece. Como cada câmera possui uma estrutura de árvore diferente, não existe uma regra geral. Se houver arquivos JPEG em um diretório, provavelmente você o encontrou.

Depois de encontrar o diretório correto, você poderá copiar, mover ou apagar os arquivos da câmera com um gerenciador de arquivos, como o Konqueror, ou com simples comandos de shell (consulte a Seção 3.3, “Comandos importantes do Linux” (↑Inicialização) e a Referência).