9.6. A tela gráfica do SUSE

Desde o SUSE Linux 7.2, a tela gráfica do SUSE é exibida no primeiro console se a opção “vga=<value>” for usada como parâmetro de kernel. Se você fizer a instalação usando o YaST, essa opção é automaticamente ativada de acordo com a resolução e a placa de vídeo selecionadas. Há três maneiras de desativar a tela SUSE, se desejado:

Desabilitando a tela do SUSE quando necessário

Insira o comando echo 0 >/proc/splash na linha de comando para desativar a tela gráfica. Para ativá-la novamente, insira echo 1 >/proc/splash.

Desabilitando a tela do SUSE por padrão.

Acrescente o parâmetro de kernel splash=0 à configuração do seu carregador de boot. O Capítulo 9, O Carregador de Boot fornece mais informações sobre isso. No entanto, se você preferir o modo de texto, que foi o padrão nas versões anteriores, configure vga=normal.

Desativando completamente a tela SUSE

Compile um novo kernel e desative a opção Usar a tela de apresentação em vez do logotipo de boot no suporte a framebuffer.

[Tip]Dica

A desabilitação do suporte a framebuffer no kernel também desabilita automaticamente a tela de apresentação. O SUSE não pode fornecer suporte ao seu sistema se você o executar com um kernel personalizado.